jump to navigation

Limpe seu HD detectando músicas repetidas 08/06/2010

Posted by Alexander Santos in Dicas, Windows XP.
add a comment

O Similarity é um software que busca arquivos de áudio repetidos no HD do usuário. Ele analisa os diversos arquivos nas pastas escolhidas e apresenta um resultado baseando-se em alguns aspectos.

Primeiramente o Similarity analisa os nomes dos arquivos e lista quais são potenciais arquivos repetidos. Para não ficar apenas em um diagnóstico superficial a partir do nome, o programa ainda analisa as tags das músicas e as durações delas.

Com todos estes dados em mãos, o Similarity faz um cálculo no qual apresenta a probabilidade de que tais arquivos sejam de fato repetidos. Apesar da análise interessante do programa, é importante que o usuário preste bem atenção antes de deletar os arquivos, uma vez que o software parece ser um pouco “confiante” demais, colocando probabilidades muito altas em arquivos que não chegam a ser realmente dobrados.

Fonte: Info Abril.

Como remover o Qakbot 18/05/2010

Posted by Alexander Santos in Segurança da Informação, Windows XP.
add a comment

Primeiro você deve ter um anti-vírus de boa qualidade instalado, como o Kasperky, Gdata, Symantec e etc.

depois siga os seguintes passos:

1. Desabilite a Restauração do sistema
Windows XP usa esse recurso, que é ativado por padrão, para restaurar os arquivos no seu computador, caso eles sejam danificados. Se um vírus, worm ou cavalo de Tróia infectar o computador, a Restauração do Sistema pode armazenar uma cópia do vírus, worm ou cavalo de Tróia no computador.

Windows impede que programas externos, inclusive programas antivírus, de modificar a Restauração do Sistema. Portanto, programas antivírus ou ferramentas não podem remover ameaças na pasta da Restauração do Sistema. Como resultado, a Restauração do Sistema tem o potencial de restaurar um arquivo infectado no seu computador, mesmo depois de ter limpado os arquivos infectados de todos os outros locais.

Além disso, uma verificação de vírus detecta uma ameaça na pasta da Restauração do Sistema, mesmo que você tenha removido a ameaça.

Nota: Quando estiver totalmente concluído o processo de remoção e ter a certeza de que a ameaça foi removida, reative a Restauração do Sistema.

2. Atualizar as definições de vírus.

3. Executar uma verificação completa do sistema com o seu anti-vírus já atualizado.
Se qualquer arquivo for detectado, siga as instruções indicadas por seu programa antivírus.

Importante: Se você não conseguir iniciar o antivírus ou não consegue  excluir um arquivo detectado, será necessário interromper a execução do processo do vírus para removê-lo. Para fazer isso, execute a verificação no Modo de Segurança; Assim que tiver reiniciado em Modo de Segurança, execute a verificação novamente.

Depois (mais…)

Revo remove os teimosos programas do computador 11/03/2010

Posted by Alexander Santos in Dicas, Windows XP.
add a comment

Revo remove os teimosos programas do PC

Nem sempre a remoção de software pelo Windows ou pelo desinstalador próprio dos programas fazem trabalhos eficientes. O Revo Unistaller supre essa lacuna. Quando se decide desinstalar um programa, o Revo propõe quatro métodos – desde o menos profundo e mais rápido, com a ferramenta de desinstalação do próprio aplicativo, até o mais demorado e meticuloso, que verifica todas as informações deixadas no Registro e no disco rígido.

O programa tem mais de um módulo de visualizaçao dos programas instalados. Um clique no botão direito do mouse sobre um arquivo dá acesso a outras opções, entre elas ver o local exato da instalação do programa, acessar seu arquivo de Ajuda, localizar a entrada no Registro e acessar páginas do Google relacionadas. Um modo de operação chamado módulo de caça, permite que se percorra a tela com o mouse para indicar qual aplicativo remover.

Mas não é apenas na tarefa de remoção de programas que o Revo Unistaller se debruça. O programa ajuda a gerenciar a lista de programas auto-iniciáveis, reúne várias ferramentas do Windows para acesso rápido e faz limpeza de arquivos de sistema.

Baixe o Revo Unistaller.

Fonte: Info Abril.

Configurando os programas que iniciam com o Windows XP 09/03/2010

Posted by Alexander Santos in Dicas, Vídeo-Aula, Windows XP.
add a comment

Instalando o Windows pelo Pen drive 19/02/2010

Posted by Alexander Santos in Dicas, Windows 7, Windows Vista, Windows XP.
add a comment
Instale o Windows pelo Pen drive com o WinToFlash

Talvez chegue o dia quando drives ópticos sejam tão difíceis de achar como drives de disquetes de 5,25 polegadas atualmente.

O WinToFlash traz um assistente para passar o conteúdo de um disco de instalação do Windows para um pen drive, preparando-o para ser o equivalente do CD ou DVD para a instalação do sistema. Ele também funciona com sistemas do tipo LiveCD.

O programa é uma opção para criar um pen drive com a instalação do Windows (incluindo a nova versão, o Windows 7). Para isso, descompacte e rode o software. Clique no botão na primeira tela para começar o assistente. Pressione o botão Next e escolha, no primeiro campo, o drive no qual está o DVD do Windows 7 e, no segundo, a letra correspondente ao pen drive. Clique em Next e, depois, em OK, para começar a cópia. Quando essa operação terminar, será preciso configurar o micro para inicialização pelo pen drive. Feito isso, é só fazer a instalação do Windows normalmente.

Clique aqui para fazer o download.

Fonte: http://info.abril.com.br

Impedindo a proliferação de vírus por pendrive 08/02/2010

Posted by Alexander Santos in Dicas, Segurança da Informação, Windows Vista, Windows XP.
add a comment

Eu estava navegando na internet quando dei de cara com uma atitude que faço no meu pendrive para evitar que vírus infectem meus computadores ou qualquer outro que eu “espete” meu pendrive.

E foi no site: http://thalesmelo.com que eu vi uma grande atitude para proteger seu pendrive e computadores de vírus.

Então, segue o procedimento que copiei e editei do site mencionado:

Esta dica ajuda a proteger seu pendrive de vírus e trojans que infectam seu pendrive assim que você o insere em algum computador infectado.
Testei a solução no meu pendrive colocando-o nos compuratores da faculdade que estão cheios de vírus. Até agora tem funcionado bem, meu pendrive continua limpo sem nenhum vírus do tipo.
Bem, esses tipos de malwares funcionam de forma a alterar o arquivo autorun.inf que fica dentro do pendrive,
inserindo uma linha que chama algum executável que executa código maligno.
A solução é simples, basta criar uma pasta chamada autorun.inf e dentro dela criar um arquivo, usando o bloco de notas, com o nome autorun.inf no seu pendrive, clique com o botão direito do Mouse na pasta e depois no arquivo e marque-os como somente leitura através do windows.

Post editado por Alexander Santos.

Fonte: http://thalesmelo.com

Pendrive com vírus – Saiba como se proteger 08/02/2010

Posted by Alexander Santos in Dicas, Segurança da Informação, Windows XP.
add a comment

Hoje em dia quase todo mundo tem um Pendrive. Esse pequeno e útil objeto veio de vez para substituir os famigerados disquetes e, em alguns casos, até CD’s e DVD’s.

É indiscutível a utilidade do pendrive e, sabendo disso, os desocupados de plantão criadores de vírus e pragas resolveram criar algumas pragas que se disseminam através de pendrives.

Como um pendrive pode “viajar” em vários computadores, os vírus e programas prejudiciais voltaram alguns anos na história e estão se disseminando através de um método parecido com o utilizado em disquetes antigos. Ao inserir o pendrive infectado no computador, é executado automaticamente um programa que instala essas pragas em seu computador, contaminando também outros pendrives que forem conectados à máquina. No caso dos antigos disquetes, o programa malicioso se instalava muitas vezes na área de boot dos disquetes fazendo com que o sistema operacional fosse infectado automaticamente apenas com a inserção e leitura do disco. Como os pendrives geralmente não possuem área de boot, os desocupados conseguiram imaginar (nem precisou de muita imaginação) que um pendrive é detectado automaticamente como uma nova unidade de disco no Windows. Sendo assim, basta o mesmo contenha um arquivo chamado “autorun.inf” para que, ao ser detectado, o Windows automaticamente leia esse arquivo e execute as instruções nele contidas.

Por sorte é possível que essa função seja desabilitada do Windows. Função essa que, ao meu ver, nunca teve muita utilidade. Siga os procedimentos abaixo para desabilitar a função de execução automática desses arquivos. Lembrando sempre que, caso não se sinta à vontade para executar os procedimentos abaixo é sempre recomendado que você procure um profissional da área que estará mais familiarizado com a manipulação dessas ferramentas pois qualquer erro pode significar a inutilização de alguma parte ou todo o sistema operacional.

Siga os seguintes passos: Clique no Menu Iniciar e, em seguida, na opção “Executar”. (mais…)

Otimizando a memória RAM 08/02/2010

Posted by Alexander Santos in Dicas, Windows XP.
add a comment

O WinUtilities Free Memory Optimizer é mais um dos programas que promete melhorar o aproveitamento da memória do PC. O princípio básico desses software é desalocar operações inúteis da RAM em benefícios de programas que realmente precisem usa-la. O WinUtilities, além de realizar isso, vem com interfaces gráficas sobre o funcionamento do PC.

O aplicativo pode funcionar minimizado na bandeja do sistema. Ao acessa-lo, o usuário é apresentado à tela inicial com quatro opções: as de informação de memória e CPU e as opções de otimização e do próprio programa. Nas configurações é possível automatizar os processos de otimização, bem como alterar a capacidade de memória livre — opção que interfere na velocidade de atuação do software.

WinUtilities Free Memory Optimizer aumenta rendimento da memória RAM

Fonte: http://info.abril.com.br

Saiba como dividir seu disco rígido em dois e aprenda quando usar (Windows e Linux) 19/01/2010

Posted by Alexander Santos in Dicas, Windows 7, Windows Vista, Windows XP.
add a comment

Backup, backup e mais backup. É verdade que esta é até aqui a melhor forma de garantir a integridade de dados no caso de panes no seu computador. No entanto, o particionamento do disco rígido (HD), mais um neologismo da área de informática, que vem de partição, é outra maneira de dificultar a perda de informações e documentos decorrente de problemas no sistema operacional da sua máquina.

Isso porque o particionamento do HD, que nada mais é do que a sua divisão em partes distintas e às quais serão dadas funções também diferentes, permite ao usuário separar aquilo que é parte do sistema operacional – o sistema em si e os programas que rodam no computador – de seus arquivos, documentos e dados pessoais, por exemplo. Desta forma, caso o sistema precise, por qualquer motivo, ser desinstalado, os dados gravados na segunda partição permanecem intactos.

Nesse caso, o particionamento do HD pode ser feito em duas oportunidades. No caso do usuário de Windows, a opção deve ser selecionada no momento em que o sistema está sendo instalado. Se você resolveu dividir o espaço do HD depois que o Windows já foi instalado, uma opção é instalar o Partition Magic. O software tem interface amigável e intuitiva. “O programa guia o usuário no processo de particionamento”, afirma Robson Fernandes da Silva, gerente de produtos da distribuidora de produtos de informática Superkit. (mais…)

Rotina de Backup do Outlook 21/01/2009

Posted by Alexander Santos in Windows XP.
1 comment so far

A primeira coisa que deve ser feita é configurar o Windows para mostrar pastas ocultas.

Acesse Meu computador (Iniciar > Meu computador) clique no menu Ferramentas… e selecione Opções de pasta… na janela que abrir selecione o menu Modo de exibição, marque a caixa de seleção Mostrar pastas e arquivos ocultos e clique no botão OK.

Agora abra o Outlook e clique no menu Arquivo e selecione Importa e exportar… na janela que abrir escolha Exportar para um arquivo e clique no botão Avançar.

Agora selecione Pastas particulares e não se esqueça de marcar a caixa de seleção Incluir subpastas, clique em Avançar, agora clique no botão Procurar… para determinar o local onde o arquivo de backup será salvo (para evitar duplicatas marque a caixa de seleção Substituir duplicatas por itens exportados) e clique no botão Concluir para começar o backup.

Agora vamos salvar a lista de contatos (só será possível se você configurou o Windows para mostrar as pastas ocultas). Acesse a pasta Documents and Settings que geralmente fica na unidade C:, agora acesse a pasta do seu usuário, por exemplo, C:\Documents and Settings\Alexander Santos, siga acessando as seguintes pastas: Dados de aplicativos, Microsoft e copie a pasta Outlook inteira e salve-a.

O caminho completo para chegar aos arquivos de contatos é este: C:\Documents and Settings\Seu Usuário\Dados de aplicativos\Microsoft e salvar a pasta Outlook (lembre-se que as pastas ocultas devem estar aparecendo). Agora use o WinRar para compactar o arquivo que você extraiu pelo Outlook e a pasta Outlook e salve num DVD.